20 de outubro de 2012

QUEM SOMOS

Objetivando, precipuamente, tratar a pessoa com deficiência e mobilidade reduzida como participante ativo da comunidade que vive deixando de ser considerado como “incapaz” que muitos consideram, carente apenas de um tratamento social precário, alguns membros de nossa comunidade, com coração e mente voltados para a tão importante questão, fundaram em 10 de setembro de 2003, a ASSOCIAÇÃO PARADESPORTIVA DA BAIXADA SANTISTA – APBS. Na Associação ora criada, o importante não é quem faz a obra e sim aquele para quem a obra é feita. A linguagem não deve ser o resgate da dignidade, mas reconhecer o que já é digno e tratá-lo dignamente. O caráter da APBS é de uma responsabilidade globalizada de seu segmento, utilizando modalidades paraolímpicas e paradesportivas para promover a cidadania desses indivíduos, envolvendo todos que participam das atividades em projetos não só esportivo como social, educacional e da área da saúde promovendo a melhora da qualidade de vida numa visão ampla de todos os aspectos. Entendemos que só assim atingiremos o sucesso e o resgate da dignidade e cidadania melhorando a qualidade de vida de todas as pessoas com deficiência que por aqui passaram ou passarão. Nem todos poderão ser atletas de alto rendimento, mas aos que tem condição temos a obrigação de lhes fornecer os meios necessários para que seus ideais se concretizem. Devemos, por meios corretos, conscientizar a pessoa com deficiência de que ele é capaz de exercer qualquer tipo de atividade profissional ou esportiva, desde que o preparemos para isso.

 

Missão

 

A Associação Paradesportiva da Baixada Santista tem como missão promover o desenvolvimento da pessoa com deficiência através do esporte, atividades sociais e de saúde, potencializando seus aspectos psicológicos e sociais, facilitando sua integração e inclusão.A APBS possui também a intenção de promover o desenvolvimento do esporte adaptado no que se refere ao aprimoramento técnico e científico dos profissionais envolvidos, por meio de cursos e intercâmbios com profissionais e entidades afins; na aquisição de equipamentos e materiais que facilitem o rendimento dos paraatletas e também na composição de convênios com serviços de atenção e seguimento no suporte logístico necessário tanto as pessoas com deficiência quanto aos recursos materiais da Associação. Essa preparação se faz necessária e imediata para que possamos nos enquadrar ás exigências já estabelecidas para que não fiquemos apenas no campo dos sonhos dos paraatletas, mas que façamos real a intenção que terão, sem dúvida, de representar sua cidade, seu estado e até seu país, em competições oficiais.

Meta

 

A APBS tem como principal meta criar para nossa região um Centro de Treinamento, Reabilitação, Integração e Inclusão Social- CETRIIS, para fomentar e desenvolver o Esporte Adaptado e assim criar e treinar atletas de alto rendimento. Com isso, alavancar o esporte Paraolímpico em nossa cidade e região, propiciando a pessoa portadora de deficiência um atendimento de excelência técnica com equipamentos e tecnologia de primeiro mundo, dentro de uma visão humanitária e sem fins lucrativos, através de um trabalho disciplinar de uma equipe integrada formada por profissionais altamente qualificados.

Visão

 

Tornar-se um Centro de Treinamento Reabilitação, Integração e Inclusão Social- CETRIIS à pessoa com deficiência do Município de Guarujá e Baixada Santista, através de um serviço pioneiro em excelência e qualidade no atendimento, tecnologia e resgate, protocolos clínicos e núcleo educacional em conjunto com grandes parceiros que comunguem com nossas idéias.